Veja porque a produção de grãos é considerada um dos pilares da economia nacional e descubra algumas curiosidades sobre as safras de milho e soja

 

A produção agrícola brasileira cresceu rapidamente nas últimas duas décadas, impulsionada pelo aumento da demanda global, preços altos e avanços tecnológicos. Mudanças nas práticas de manejo das safras e expansão da área colhida permitiram que o Brasil se tornasse um grande exportador de soja, milho, açúcar, carne, café e etanol. 

 

Não é por acaso que o agronegócio representa cerca de um quinto do PIB do país.

 

E é exatamente por isso que vamos falar um pouco sobre o cenário nacional da produção de grãos e compartilhar algumas curiosidades sobre a soja e o milho, dois grandes campeões no agronegócio brasileiro. Confira!

O PANORAMA DA PRODUÇÃO DE GRÃOS

Com 75 milhões de hectares de terras dedicadas à produção agrícola, o Brasil é naturalmente adequado para o agronegócio. Tanto que o país é atualmente o 3º maior produtor agrícola do mundo.

 

Na safra 2020, a produção de grãos do Brasil está com expectativa de um novo recorde de 252 milhões de toneladas. Isso só foi possível graças à incorporação de tecnologias modernas e métodos agrícolas avançados.

 

O Ministério da Agricultura do Brasil (MAPA) reconhece que a maior parte das propriedades agrícolas já utilizam algum tipo de tecnologia de alta precisão. Ao investir Internet das Coisas, Big Data