Veja o que esperar do PIB do agronegócio para o fim do ano e as expectativas para 2021!

 

Apesar da situação indesejável causada pela pandemia do novo coronavírus, as expectativas de fim ano para o cenário agrícola parecem ser positivas.

 

De acordo com o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), houve um aumento na projeção do PIB do agronegócio deste ano. A pesquisa revela que o salto foi de 1,6% para 1,9%. 

 

Em contrapartida, o crescimento estimado para 2021 diminuiu de 2,4% para 2,1%. Pelo menos foi essa a conclusão do Grupo de Conjuntura da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Ipea.

CRESCIMENTO INESPERADO

A base utilizada como referência para a mudança nas projeções foram as seguintes:

 

  • As novas estimativas do PIB do agronegócio divulgadas pelo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do mês de outubro, apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE);
  • As projeções para a pecuária a partir dos dados das Pesquisas Trimestrais do Abate, Produção de Ovos de Galinha e Leite, também do IBGE.

 

Outras previsões do IPEA para o cenário agrícola incluem:

 

  • Possível alta de 3,9% no valor adicionado da lavoura em 2020, mas queda de 1,5% no da pecuária;
  • Áreas de silvicultura, pesca e aquicultura devem ter redução de 6,4%. 
  • Para o ano de 2021, a revisão para baixo no PIB do agronegócio foi resultado do aumento da bas