Manutenção preventiva e preditiva na indústria: Saiba quais as diferenças e suas funções

Veja as diferenças entre manutenção preventiva e preditiva e como isso faz a diferença no setor industrial.

 

Principalmente no setor industrial, não é incomum que as pessoas usem os termos manutenção preventiva e preditiva de forma intercambiável. 

 

Embora sejam semelhantes na medida em que descrevem medidas de manutenção projetadas para tratar de falhas ou ocorrência de problemas operacionais, as maneiras como essas etapas são planejadas e executadas são muito diferentes. 

 

Continue lendo para descobrir quais são as diferenças.

O que é manutenção preventiva

A manutenção preventiva pode ser comparada a um check-up físico anual. Os técnicos executam essas tarefas de manutenção quando tudo ainda está funcionando perfeitamente, de modo a evitar futuras avarias ou problemas de manutenção de emergência.

 

Assim como um check-up físico pode prevenir doenças ou enfermidades e prolongar sua vida, a manutenção preventiva pode prevenir falhas de equipamentos e estender a vida útil de seus ativos. Além disso, se você conseguir manter suas linhas de produção em funcionamento, também será mais lucrativo.

 

O principal desafio da manutenção preventiva é equilibrar o custo com o retorno. Gerentes de manutenção experientes devem tomar decisões inteligentes sobre quais máquinas exigem que tipo de manutenção preventiva e com que frequência.

O que é manutenção preditiva

Embora as manutenções preventivas e preditivas sejam semelhantes, esta segunda requer condições predefinidas particulares. 

 

Em nossa analogia com a saúde humana, este componente pode ser comparado com exames ou precauções recomendadas para um indivíduo que está em maior risco de uma doença específica devido a considerações hereditárias ou de estilo de vida.

 

Se os técnicos descobrirem que uma determinada peça do equipamento funciona repentinamente fora dos parâmetros normais, eles acionam um protocolo de manutenção preditiva para agendar convenientemente um reparo ou evitar quebras futuras.

Diferenças entre manutenção preventiva e preditiva

A principal diferença está nos custos e nas frequências atribuídas a cada uma das modalidades.

 

Como a manutenção preditiva é realizada apenas quando necessária, ela reduz os custos de mão de obra e material. 

 

No entanto, a implementação de um programa de manutenção preditiva requer uma quantia substancial de dinheiro, treinamento e recursos iniciais. 

 

Esses custos são frequentemente aceitáveis ​​para organizações que já implementaram com sucesso um programa de manutenção preventiva.

 

Escolha o programa de manutenção correto

É importante desenvolver e construir um programa de manutenção para evitar serviços desnecessários e manter um registro das condições do ativo. Ferramentas como sistemas computadorizados de gerenciamento de manutenção (CMMS) podem ajudá-lo a seguir e desenvolver uma estratégia de manutenção que ajudará:

 

  • Determinar o momento certo para manutenção
  • Monitorar o estado do ativo para determinar se a manutenção é necessária
  • Manter os custos tão baixos quanto possível, ao mesmo tempo em que cumpre os prazos e orçamentos de seus processos

 

Assim como alimentação correta, atividade física e exames de bem-estar desempenham um papel na saúde física, tanto a manutenção preventiva como a preditiva, têm um lugar importante em um programa estratégico de manutenção de instalações.