Agricultura Digital

Entenda o que é a agricultura digital e os efeitos nos ambientes rurais

Veja como a agricultura digital está gerando mudanças nos ambientes rurais e quais impactos isso causa no setor agrícola!

 

A agricultura digital é o uso de tecnologias novas e avançadas, integradas em um sistema, para permitir que os agricultores e outras partes interessadas na cadeia de valor da agricultura melhorem a produção de alimentos. 

 

Ela surgiu para transformar um cenário onde as decisões no campo eram baseadas em fatores subjetivos, como intuição, estimativas e recomendações de vizinhos.

 

O problema dessa abordagem, é que só é possível analisar os resultados no momento da colheita, quando já não há tempo para fazer alterações.

 

Ao mudar esse cenário, a tecnologia torna o setor agrícola muito mais confiável e previsível. Veja mais alguns detalhes sobre como isso acontece:

Agro 4.0 e as mudanças de paradigmas

A agricultura digital, também conhecida como agricultura 4.0, que inclui a Internet, tecnologias e dispositivos móveis, análise de dados, inteligência artificial, serviços e aplicativos fornecidos digitalmente, está mudando o funcionamento das fazendas e do sistema alimentar. 

 

Os exemplos são abundantes em diferentes estágios da cadeia de valor: 

 

  • A automação das máquinas agrícolas permite o ajuste fino dos insumos e reduz a demanda de trabalho manual; 
  • Dados de satélite e sensores melhoram a precisão e reduzem o custo de monitoramento do crescimento da colheita e da qualidade da terra, da água e até mesmo dos animais; 
  • E as tecnologias de rastreabilidade e os serviços de logística digital oferecem o potencial de agilizar as cadeias de abastecimento agroalimentares, enquanto fornecem informações confiáveis ​​aos consumidores.

 

Dessa forma as tecnologias digitais também podem ajudar os governos a melhorar a eficiência e a eficácia das políticas e programas existentes e a projetar outros melhores. 

Tecnologias da agricultura digital

Oportunidades para aumentar a produtividade no setor agrícola estão em tecnologias novas e emergentes, como robótica, novos materiais de embalagem, biotecnologia e agricultura de precisão.

 

 

Confira algumas aplicações que vêm transformando as atividades no campo:

Robótica

A robótica está sendo introduzida nas indústrias de laticínios, aves e bovinos. As aplicações incluem:

 

  • Alimentação e ordenha autônoma
  • Coleta e classificação de ovos
  • Limpeza autônoma.

 

Essas tecnologias estão ajudando até mesmo na detecção precoce e no tratamento de problemas de saúde animal.

Sensores 

Sensores digitais de luz infravermelha e de calor combinados com tecnologia de sistema de informações geográficas em drones são usados ​​para medir a saúde das plantações e ainda informar as decisões sobre:

 

  • Irrigação
  • Manejo de pragas
  • Aplicações de fertilizantes
  • Colheita.

 

Sensores biométricos digitais integrados de saúde animal e dispositivos de identificação eletrônica permitem que os fazendeiros respondam rapidamente a casos de estresse ou doença, ajudando a aumentar a produção e a melhorar a saúde animal.

O digital a favor do campo

Esses avanços tecnológicos podem apoiar a meta de alcançar uma agricultura e sistemas alimentares mais resilientes, produtivos e sustentáveis. 

 

Isso garante que haja o atendimento das necessidades dos consumidores.

 

Portanto, a agricultura 4.0 pode apoiar o comércio de produtos agrícolas e alimentícios, conectando fornecedores do setor privado a novos mercados e possibilitando novas maneiras de os governos monitorarem e garantirem a conformidade com os padrões e fornecer procedimentos de fronteira mais rápidos e eficientes, essenciais para produtos perecíveis.